Reservas:(31) 3441-3708

Sobre Nós

Das tranças à Maria das Tranças

Funcionando em uma casa de fazenda adaptada no bairro São Francisco, em 15 de agosto de 1950, surge o Restaurante Bolero, mais tarde chamado Maria das Tranças — nome dado pelos clientes devido ao penteado de sua fundadora, dona Maria Clara Rodrigues.
A existência do restaurante está associada à vida de Maria Clara; pessoa de hábitos simples, muita fibra e grande caráter. Era ela mesma quem realizava as compras, administrava as contas, e o mais importante, fazia o prato principal: Frango ao Molho Pardo, acompanhado de angu, quiabo e arroz.

Maria Clara Rodrigues

O frango escolhido no quintal

Desde a época em que o frango era caipira e podia ser escolhido pelos clientes no quintal, o restaurante conserva muitas histórias de personalidades marcantes da nossa sociedade. Entre elas, Juscelino Kubitschek, Elis Regina, Vinicius de Moraes e Magalhães Pinto já saborearam a especialidade da casa e deixaram seus elogios no Livro de Ouro.
Juscelino Kubitschek era um apreciador do frango ao molho pardo e, por isso, frequentava muito o restaurante Maria das Tranças, se tornando um amigo de dona Maria Clara e de seu filho Ricardo.
Por ser um cliente mais que especial, muitas vezes recebia o frango em sua própria casa, na Pampulha. Mas foi recebido diversas vezes por Maria Clara dentro da sua própria sala de jantar, onde o então presidente do Brasil se deliciava com a comida preparada pessoalmente pela dona do restaurante.

Tradição

O MARIA DAS TRANÇAS ESTÁ NA SUA 3ª GERAÇÃO, SEMPRE NA MESMA FAMÍLIA. A RECEITA DE DONA MARIA CLARA MANTÉM SEU SABOR INCONFUNDÍVEL HÁ 70 ANOS.

Compromisso

Nossos funcionários são mantidos o maior tempo possível na casa pois são parceiros valiosos no dia a dia de trabalho.

Os garçons são todos qualificados. Eles recebem um treinamento especial e possuem um envolvimento de amizade e companheirismo, característica marcante na direção familiar.

O restaurante possui o Selo de Compromisso com a Segurança de Alimentos, atestado pelo Instituto de Hospitalidade. Direito concedido por cumprir os critérios requeridos e completar, com sucesso, todas as etapas para certificação dos seus profissionais, através do Programa de Certificação da Qualidade Profissional para o Setor de Turismo, competência – Segurança de Alimentos.

WhatsApp Faça sua Reserva